Saber Repartir é um Dom

Certo dia, uma moça estava à espera de seu vôo na sala de embarque de um aeroporto. Como seu vôo estava atrasado, ela resolveu comprar um livro para passar o tempo. Também comprou um pacote de biscoitos. Buscando descansar até a chamada de seu vôo, ela senta numa poltrona numa parte reservada do aeroporto, onde havia algumas poltronas vazias, para que pudesse descansar em paz. Para seu desconforto, e apesar de existirem várias poltronas vazias, um homem senta-se, logo em seguida, imediatamente ao lado da poltrona em que ela havia deixado sua bolsa.

Ao se sentar, ela abre um pacote de biscoitos, tira um e recoloca o pacote no acento ao lado. Para sua surpresa o homem, sentado na poltrona seguinte, abriu o mesmo pacote e também pegou um. Ela ficou indignada, mas não disse nada. Ela pensou consigo “Mas que absurdo” e se irou bastante. A cada biscoito que ela pegava, o homem também pegava um, com um sorriso discreto.

Aquilo a deixava tão irritada que ela não conseguia sequer reagir. Quando restou apenas um biscoito e ela pensou: “O que será que esse abusado vai fazer agora?”. Então, o homem dividiu o biscoito ao meio, tirou um pedaço e deixou a outra metade para ela. Aquilo a deixou irada e bufando de raiva. Ela pegou o seu livro e suas coisas e dirigiu-se ao embarque ao primeiro chamado para o seu vôo.

Já confortavelmente sentada na aeronave, ela constata, para sua mais absoluta surpresa que, ao comprar seu pacote de biscoitos, ela havia colocado este dentro de sua bolsa, e ele ainda estava intacto. Ela sentiu muita vergonha ao constatar que o biscoito, que ela encontrou na cadeira e dividiu contrariada, era o dele e não o dela. Era ela quem estava errada, e já não havia mais tempo para pedir desculpas. O homem dividiu os seus biscoitos sem se sentir incomodado, ao contrário dela, que se sentiu muito transtornada.

Uma lição que aprendemos é:
A individualidade excessiva e a falta de comunicação roubaram desta moça o privilégio de vivenciar um momento de “boa vontade para com o próximo”. Afinal não foi para isto que Jesus veio a este mundo? Para demonstrar a “boa vontade de Deus para com os homens”. Jesus nos ensinou a ‘amar ao nosso próximo como a nós mesmos’.

Procure hoje um bom motivo para dividir algo que é ‘seu’ com ‘alguém’ e sinta a alegria de ser recompensado por Deus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s